Author

Redação

Browsing

O município de Cambará recebeu uma emenda parlamentar de R$ 170 mil do deputado estadual Boca Aberta Jr destinada para a compra de uma ambulância para a saúde do munícipio.

Na oportunidade Boca Aberta Jr e Boca Aberta foram recebidos pelos vereadores Marcio Albertini, Karen Dadona, Geraldinho e Walmir.

“Diante do cenário de pandemia que atravessamos nesses dois anos decorrente da covid-19, nós da Família Boca Aberta, focamos nossas emendas em envios para a saúde e para Cambará não foi diferente, essa ambulância ajudará muito no transporte de pacientes e na melhoria da saúde do município”. Destaca Boca Aberta Jr.

“É muito mais do que só uma emenda, é importante entender o que ele significa na vida do povo. Com um nova ambulância o município poderá dobrar o transporte de pacientes e vai possibilitar que mais pessoas sejam atendidas com conforto e segurança”. Diz Emerson Petriv – Boca aberta

A deputada estadual Cristina Silvestri (PSDB) denunciou uma série de irregularidades encontradas no Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava. Entre elas, falhas estruturais, falta de equipamentos, escassez de pessoal e armazenamento incorreto de provas periciais. Em pronunciamento na sessão plenária desta segunda-feira (16), ela cobrou providências da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp).

As irregularidades, registradas com fotos e vídeos, foram constatadas em uma visita técnica feita pela Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa do Paraná na última semana. As imagens mostram, por exemplo, piso quebrado, falta de revestimentos nas paredes e jalecos rasgados. “Além disso, a única sala para atendimento é pequena e não oferece privacidade às vítimas”, completa Cristina Silvestri.

Outro problema grave é a falta de um refrigerador para o armazenamento de provas periciais. “Atualmente, os materiais ficam em uma geladeira comum, trancada com um cadeado que pode facilmente ser quebrado. Isso é um desrespeito aos profissionais do IML e um descaso com a segurança pública”, lamentou a deputada.

“As condições precárias do IML de Guarapuava não são novidades para ninguém. Levei esse problema inúmeras vezes à Sesp e sempre ouvi a promessa de que os problemas seriam resolvidos”, disse a parlamentar, que protocolou um requerimento pedindo soluções imediatas. O IML de Guarapuava atende 19 cidades e tem a quarta maior demanda do estado, atrás apenas de Curitiba, Londrina e Ponta Grossa. #cristinasilvestri

Na última sexta-feira, 13 de Maio, o ex-deputado federal Boca Aberta e o deputado estadual Boca Aberta Jr foram até a cidade de Porecatu para entregar pessoalmente um cheque simbólico para confirmar a entrega de R$ 1.000.000,00 milhão de reais para a saúde do município.

A entrega foi realizada no Hospital Municipal de Porecatu. O recurso já está à disposição do Hospital e do município para ser utilizado na saúde. Recursos esses que podem ser utilizados para a compra de medicamentos, para a reforma, diminuir a fila de exames e cirurgias, contratação de profissionais e isso tudo focado na melhoria da saúde do povo de Porecatu.

O deputado Boca Aberta Junior afirmou se sentir muito feliz em ajudar a cidade. “Fico muito feliz de poder ajudar a população de Porecatu e essa pequena cidade do interior. Fazer parte da história da cidade é uma honra, pois trabalhamos pelo povo, fomos eleitos por eles e por eles trabalhamos diariamente”.

Nesta 5ª feira, dia 12 de maio, o advogado e poeta Gilmar Cardoso foi empossado como membro efetivo do Rotary Club de Curitiba. Com a presença do Governador do Rotary Distrito 4730, Jorge Humberto Agudelo Franco (ano rotário 2019-20) e sob a presidência de Esdras Marinzeck Leon, na 39ª reunião ordinária presencial, na sede do Palacete do Batel, na capital do Estado, que contou com a participação de companheiros, convidados e visitantes.

O Rotary Club de Curitiba é o clube rotário mais antigo da capital, fundado em março de 1933, o sexto do Brasil, tendo como padrinho o Rotary Club do Rio de Janeiro, e que foi o primeiro clube da região do Paraná e Santa Catarina. Em seu discurso de posse, Gilmar Cardoso dedicou uma saudação especial aos companheiros Rafael de Lala Sobrinho, decano dos jornalistas e meu padrinho; Marcos Domakoski, do Movimento Pró-Paraná – uma referência ética à me guiar e o professor Jorge Luiz Bernardi – vereador de Curitiba por sete mandatos e atual vice-reitor da Uninter; em nome de todos com os quais teremos a oportunidade de uma convivência fraterna diária e a prática do companheirismo rotário; além de fazer menção aos seus convidados Lydia Luyza, a filha que representou a família na solenidade e o amigo Silvestre Tino Staniszewski.

O novo companheiro rotário Gilmar Cardoso descreveu que a responsabilidade pública na união de voluntários que buscam entrar em ação para causar mudanças duradouras em si mesmo, nas comunidades e no mundo; deve sempre trazer-nos à lembrança as figuras exponenciais daqueles à quem o legado histórico é nossa herança perene: Vitor Ferreira do Amaral, Francisco Lourenço Johnscher, Ivo Leão, Manoel Ribas, Ermelino de Leão Júnior, Rivadavia de Macedo; além dos desembargadores que exerceram a presidência do Tribunal de Justiça do Paraná, como Ernani Guarita Cartaxo, Celso Rotoli de Macedo, Henrique Lenz Cesar e Clotário de Macedo Portugal, sendo os últimos dois ainda governadores do Estado do Paraná.

Registre-se, ainda, que dentre nossos presidentes e suas contribuições significativas para o desenvolvimento da cidade, pós-morten alguns deles foram homenageados com a denominação de ruas nesta Capital; como Milton Macedo Munhoz, Ruy Fonseca Itiberê da Cunha, José Luiz Demeterco, Anielo Pierri, Carlos Alberto Pereira de Oliveira, Arides Pinho e Erasto Gaertner, além de Clotário Portugal e Ermelino de Leão. Sem contar aqueles que lideraram e lideram importantes e renomadas entidades civis do nosso Estado. Bem como, a todos nós, os demais membros desta instituição humanitária e referencial que unidos e reunidos buscamos cotidianamente a construção de um mundo melhor, a começar pela nossa comunidade extensivo ao Distrito 4730 e seu conjunto de 81 clubes rotários, afirmou Gilmar Cardoso.

A saudação inauguração do advogado e poeta registrou ainda, ao companheiro Presidente Esdras Marinzeck Leon nesse dia para mim histórico e memorável, dia 12 de maio, data em que comemora-se mundialmente o Dia da Enfermagem e o Dia do Enfermeiro, em homenagem a Florence Nightingale, marco da enfermagem moderna no mundo e que nasceu em 12 de maio de 1820 e Ana Néri, a primeira enfermeira brasileira e a primeira a se alistar voluntariamente em combates militares; símbolos do voluntariado e da prestação de serviços humanitários; coincidentemente, similares à nossa missão e vocação; concluo com nossos lemas oficiais de que é preciso DAR DE SAI ANTES DE PENSAR EM SI, porque efetivamente, MAIS SE BENEFICIA QUEM MELHOR SERVE.

“Contem sempre comigo! Quero fazer o máximo possível para honrar esta distinção, deferência e confiança. Venho para servir e fazermos girar juntos a engrenagem do nosso símbolo maior: a denteada roda rotária. Para esta tarefa, prometo estar sempre atento aos princípios centenários de nossa Prova Quadrúpla à nos questionar ética e profissionalmente se o que estamos fazendo é VERDADE e JUSTO, criará BOA VONTADE E MELHORES AMIZADES e por fim, se será BENÉFICO para todos os interessados. Que O Grande Arquiteto do Universo, fonte fecunda de luz, de felicidade e de virtude, assim me ajude!”, concluiu Gilmar Cardoso.

Na quinta-feira (28), com as presenças do Deputado Boca Aberta e Vereadora Mara Boca-Aberta, Deputado Estadual Boca Aberta Jr. faz a entrega de R$ 50.000.00 mil reais através do Programa Escola Mais Bonita para O Colégio Estadual Humberto P. Coutinho.

O recurso já está depositado na conta do colégio e poderá ser utilizado para a realização de pequenos reparos na estrutura física das escolas, pintura, melhorias nos espaços comuns como bibliotecas, laboratórios, quadras esportivas e pátios, além de serviços de jardinagem e limpezas especializadas.

“Muitos colégios do Estado estão cada dia mais precisando do nosso trabalho, a maioria dos colégios do Paraná sofreram muito na pandemia e temos que ter uma olhar especial para a área. Com grande felicidade e a sensação do dever cumprido, fizemos esse repasse para o Colégio Humberto P. Coutinho, colégio aqui da nossa cidade de Londrina e ainda mais em uma área tão importante. A educação é uma das principais bandeiras do meu mandato, assim como trabalhar por Londrina. Por isso essa quinta-feira, foi um dia bastante produtivo no qual pudemos trabalhar para fortalecer cada vez mais o ensino público na região. Esse é mais um entre tantos passos e repasses que estamos dando para certamente levar o Paraná ao primeiro lugar do IDEB”, destacou o Deputado.

O Colégio Machado de Assis em Londrina foi contemplado com R$ 100.000,00 em emendas do Deputado Boca Aberta Jr. O recurso foi uma indicação do deputado através do programa Escola mais Bonita e já está depositado na conta do colégio. O parlamentar esteve na escola, na última quinta-feira (28), para a entrega oficial do recurso.

A verba vinda através de uma indicação do nosso mandato poderá ser usada para a realização de pequenos reparos na estrutura física das escolas, pintura, melhorias nos espaços comuns como bibliotecas, laboratórios, quadras esportivas e pátios, além de serviços de jardinagem e limpezas especializadas.

“É uma grande alegria ver que os valores que indicamos via Programa Escola Mais bonita estejam sendo entregues para os Colégio. O trâmite não é fácil, mas o nosso empenho tem feito a diferença. Tenho certeza que conquistaremos muitas melhorias a Escola Machado de Assis com esse investimento”, afirmou o Deputado.

“Hoje eu tenho orgulho de receber aqui no colégio uma autoridade política que mora aqui, que conhece nosso Bairro, nossa cidade e as necessidades da nossa Escola e que busca mostrar que a escola pública tem força. Quero agradecer ao Deputado Boca Aberta e sua família por esse recurso e pela parceria com o nosso colégio”, disse o Diretor Edmar.”

Na última semana, duas novas Procuradorias Municipais da Mulher foram instaladas no Paraná. Na quinta-feira (28), o órgão foi instalado na Câmara de Braganey, na região metropolitana de Cascavel. Na sexta-feira (29), foi a vez de Foz do Iguaçu.

Em Braganey, a vereadora Graziela Vicente tomou posse como a primeira procuradora da mulher do legislativo municipal e a vereadora Salete Frizon foi empossada procuradora adjunta. Em Foz, a procuradora é a vereadora Carol Dedonatti e a procuradora adjunta é a vereadora Anice Gazzaoui. As cerimônias contaram com a presença da procuradora especial da mulher na Assembleia Legislativa do Paraná, deputada Cristina Silvestri.

“Estamos ampliando o protagonismo do legislativo na rede de combate à violência de gênero. Em três anos, apesar dos desafios da pandemia, instalamos 170 procuradorias no Paraná. Ou seja, alcançamos mais de um terço do estado. É o maior percentual do Brasil! Que orgulho! Vamos seguir avançando”, destacou Cristina Silvestri.

Evento, proposto pela deputada Cristina Silvestri (PSDB), foi realizado na tarde desta quarta-feira (27), com a presença de mais de 80 mulheres, a maior parte delas vereadoras e procuradoras municipais

Na tarde desta quarta-feira (27), mais de 80 mulheres se reuniram no Plenarinho da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) para o III Encontro Estadual das Procuradorias da Mulher. O evento foi proposto pela procuradora da mulher na Casa, a deputada Cristina Silvestri (PSDB). “Sentimos o calor da presença de todas em um momento tão importante e necessário, que nos une ainda mais e fortalece a nossa luta”, declarou a anfitriã. Esse foi o primeiro encontro presencial depois de dois anos de eventos no formato remoto por causa da pandemia de covid-19.

O tema deste ano foi ‘A violência institucional contra a mulher em ambientes tidos como masculinos’, diretamente ligado ao projeto de lei 16/2022, de combate ao assédio institucional contra mulheres, de autoria da deputada Cristina Silvestri, que palestrou sobre a presença das mulheres no ambiente político.

Ao explicar que a discriminação precisa ser enfrentada, a deputada ressaltou que ela começa já na época da candidatura, quando os recursos para as campanhas femininas são menores. “Pouca coisa muda após a eleição, quando a violência é velada”, continuou.

Outro assunto bastante debatido foi o projeto de resolução que cria a bancada feminina na Alep, que entrou na pauta da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e foi o centro das atenções das sessões plenárias desta semana. “Não queremos privilégios, queremos igualdade. Não haverá democracia plena enquanto o número de homens e mulheres não for equilibrado nos espaços políticos. É preciso reparar essa injustiça histórica”, defendeu a deputada Cristina. Ela é autora da proposta ao lado das outras quatro deputadas da Casa.

Cristina Silvestri também apresentou o trabalho da Procuradoria ao público, formado majoritariamente por procuradoras municipais da mulher e vereadoras de todas as regiões do Paraná.

O III Encontro Estadual das Procuradorias da Mulher contou com as falas da Coronel Aparecida, primeira mulher efetivada coronel na região sul, de Claudia Santano, coordenadora do Observatório de Violência Política Contra a Mulher, e da desembargadora Ana Lúcia Lourenço, coordenadora estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cevid), do Tribunal de Justiça do Paraná.
Ainda participaram do encontro a deputada Cantora Mara Lima (Republicanos), que preside a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher na Alep, e o primeiro-secretário da Casa, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSD).

PROCURADORIA DA MULHER DA ALEP

Criada em julho de 2019, a Procuradoria da Mulher da Assembleia Legislativa do Paraná se tornou referência em todo o Brasil por atuar no combate à violência doméstica, na emancipação das mulheres, na saúde e na criação de novas Procuradorias Municipais no interior. Ano passado, nesta época, eram 50 espalhadas pelo interior. Hoje já somam 168.

Em sessão plenária na última terça-feira (19), foi aprovado em terceira discussão e redação final um projeto de lei que torna reconhecida a prática do grafite como manifestação artística de valor cultural. A proposta 425/2021, de autoria do deputado Boca Aberta Jr. (PROS), determina que a arte seja realizada com o objetivo de valorizar o patrimônio público ou privado, desde que autorizada por estes.

De acordo com a proposta, aprovada na forma de substitutivo geral na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), os grafites não poderão conter referências ou mensagens de cunho pornográfico, racista, preconceituoso, ilegal ou ofensivo a minorias, grupos religiosos, étnicos ou culturais. “É papel do Estado garantir o acesso à cultura, como direito de cidadania. Sendo assim, este projeto de lei visa proteger e dar visibilidade ao setor de grafite por estes motivos”, diz o Deputado.

Para Boca Aberta Jr. o projeto tem o poder de democratizar a arte em espaços públicos. “O grafite é um tipo de arte urbana caracterizada pela produção de desenhos em locais públicos como paredes, edifícios, ruas, viadutos. É bastante usado como forma de crítica social. Além disso, é uma maneira de intervenção direta na cidade, democratizando assim os espaços públicos”, explica o parlamentar. “Estamos falando da arte urbana, uma expressão cultural que tem de ser reconhecida pelo Estado. Ela dá opção para jovens terem uma carreira, além de ser uma forma de se expressar, além disso torna mais bonitos pontos da cidade onde não tenham personalidade.

O Deputado Boca Aberta Jr (PROS), faz o envio de R$500.000.00 mil reais, para 6 escolas de Londrina, através do Programa Escola Mais Bonita.

O Programa Escola Bonita surgiu em 2020, e foi idealizado como parte do Minha Escola Sempre Nova, programa estadual de investimentos para aquisição de equipamentos, mobiliários e utensílios para as escolas.

A verba destinada pelo Deputado Boca Aberta Jr será usada para a realização de pequenos reparos na estrutura física das escolas, pintura, melhorias nos espaços comuns como bibliotecas, laboratórios, quadras esportivas e pátios, além de serviços de jardinagem e limpezas especializadas.

O projeto tem como objetivo garantir um ambiente físico adequado e agradável aos estudantes e profissionais da educação, de acordo com a necessidade de cada unidade; por isso, os diretores têm autonomia para decidir em qual área o dinheiro será investido.

As escolas de Londrina que foram contempladas por esse envio do Deputado foram:

– C.E Machado de Assis – R$ 100.000.00
– C.E Patrimônio Regina – R$ 100.000.00
– C.E João Sampaio – R$ 100.000.00
– C.E Vista Bela – R$ 100.000.00
– C.E Humberto P. Coutinho – R$ 50.000.00
– CEEBEJA Hebert de Souza – R$ 50.000.00